Leite e derivados são importantes fontes de zinco para gestantes e lactantes

O zinco é um nutriente crítico nos processos de divisão celular, metabolismo hormonal, síntese proteica e função imunológica sendo, portanto, também crítico durante o desenvolvimento fetal e do recém-nascido.
O consumo materno de lácteos contribui para suprir as necessidades nutricionais de zinco, durante a gravidez e a amamentação, principalmente em populações com baixo consumo desse mineral.
O leite de vaca contém aproximadamente 4mg/litro de zinco; os iogurtes, de 0,6 a 1,0 mg/ 100g, e os queijos, de 2,5 a 4,0mg/100g. O consumo diário de três porções de leite e/ou produtos lácteos contribui para suprir cerca de 30% da recomendação da ingestão de zinco durante a gravidez (11-12mg/dia) e a lactação (12-13mg/dia).
Também tem sido demonstrado que a combinação de leite e produtos lácteos, como iogurte, com alimentos proteicos de origem vegetal (cereais e leguminosas), melhora a biodisponibilidade do zinco total ingerido.

Fonte:
Profa. Carmem Marino Donangelo
Área de pesquisa, Escuela de Nutrición
Universidad de la República, Uruguay
Com Informações: Beba Mais Leite

Cadastre-se e receba conteúdos em seu e-mail

Compartilhe esse poste

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email